Meus investimentos (agosto, 2018)

Como é de praxe nos blogs de finanças pessoais, vou começar a falar um pouco sobre o andamento dos meus investimentos.

Comecei a investir em 2016, quando a taxa SELIC estava altíssima (cheguei a ter uns prefixados do Tesouro Direto uns 16% ao ano!). Como a rentabilidade estava boa naquela época, eu só investia no Tesouro Direto mesmo. Com a queda dos juros, tive que diversificar.

No momento, tenho pouco menos de R$ 40k investidos em TD, CDBs e ações*.

* Depois de fazer as tabelas, percebi que somei apenas os valores investidos, sem contar com os rendimentos… Na prática, o total é pouco mais de R$ 40k.

Visão geral

2018_09_total

Pretendo aumentar gradualmente a participação de ações e CDBs. Talvez busque uma carteira igualmente distribuída entre TD, CDB e ações. Mais tarde, verei como incluir FIIs na carteira.

Tesouro Direto

2018_09_td

Quando estava começando a investir, iludi-me com a tentação de ter dinheiro “gratuito” pingando na conta a cada semestre, então coloquei uma fração muito grande no IPCA + JS 2026. Já estou arrependido, hehe.

Só esclarecendo: toda vez que os juros semestrais caem na sua conta, você já paga imposto de renda automaticamente. Se deixar pra receber o total (montante + juros) de uma vez só, você só paga o IR uma vez. Adiar o IR é interessante porque o dinheiro para pagar o IR antecipadamente poderia estar sendo investido.

Meu plano pro TD é aumentar a participação do IPCA 2035, que é quando planejo me aposentar (aos 44 anos).

CDB

2018_09_cdb

No momento, ambos os CDBs tẽm o mesmo vencimento, mas meu plano é diversificar e fazer uma escada de CDBs com diferentes vencimentos. Tentarei, também, diversificar as instituições financeiras emissoras do papel.

Ações

2018_09_acoes

Interessantemente, tenho uma boa fração de TIMP3… Isso se deve porque há uns meses, quando ainda estava brincando de especular na bolsa, vi uma oportunidade que julguei atrativa para esse papel. Comprei mas ele só tá lateralizando. Como eu sei que a Tim não vai quebrar, estou esperando seu valor subir para realizar algum lucro.

Meu plano pras ações é colocar PIBB11, que é parecido com BOVA11, mas com taxa de administração muito menor (mas também muito menos liquidez). Ainda vou estudar mais pra ver quais ETFs ou ações individuais merecem entrar na carteira. Pretendo ter ETFs de diferentes setores (nem sei se o mercado de ETFs brasileiro já tá nesse nível…).

Também estou avaliando FIIs. Vocês acham que vale a pena colocar FIIs nessa etapa de construção de patrimônio? Penso em investir nisso mais tarde, quando realmente precisar de renda passiva.

Enfim, é isso. Por enquanto, meus aportes são bimestrais. Deverei publicar outro balanço daqui a uns 2 meses. Há-braços!

3
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
frugalidadehackerAportador Frugal Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Aportador Frugal
Visitante

Olá FH, gostei de seus gráficos, muito bem organizados. Respondendo sua pergunta sobre FIIs, creio que compense, o incentivo de receber os proventos livres de imposto de renda chama muito a atenção do pequeno investidor. Não é dificil encontrar papéis que paguem de 8 a 9% ao ano, por aí já é quase 140% CDI.

Abraços!

trackback

[…] valores da coluna “Anterior” foram obtidos do meu post de balanço anterior, e não exatamente de 30 dias atrás. Ou seja, é possível que o rendimento informado seja […]